R.P.G. no tratamento da Hérnia Discal

A Hérnia Discal é um dos problemas onde se consegue atuar com bastante eficácia através do R.P.G. Muitas pessoas procuram a FISIOVIDA no Porto para obterem ajuda com este problema.

O QUE É A HÉRNIA DISCAL?

Uma hérnia surge quando uma parte do disco vertebral sai da sua posição normal e ultrapassa o limite ósseo do corpo vertebral (mais frequentemente atrás e lateral), formando uma espécie de bolha. Habitualmente essa proeminência surge atrás e num dos lados, ocupando um espaço que deveria estar livre. Como tal, pressiona as estruturas que por ali passam: nervo, pequenos vasos ou ligamentos da coluna, o que desencadeia a sintomatologia. Os locais habituais de hérnia discal são a cervical e a lombar.

Sintomas de hérnia discal

Hérnia discal NÃO É SINAL DE DOR!
30% a 60% das pessoas apresentam hérnia sem sintomas! Caso o tamanho ou localização da hérnia não atinja outros elementos, pode não despertar nenhuma sintomatologia ou existir apenas dor local.

Pelo contrário, se comprimir algum dos tecidos referidos leva à sua irritação, ocasionando:

  • inflamação local;
  • dor irradiada;
  • formigueiros;
  • alterações de sensibilidade;
  • diminuição de força.

    Identificar a dor de hérnia discal

    Há um conjunto de factores que podem confirmar se a dor resulta da hérnia:

  • a dor é habitualmente intensa e incapacitante;
  • surge/aumenta com a tosse e espirros;
  • manifesta-se/agrava em posições e movimentos que aumentam a pressão discal (posturas sentadas e inclinadas à frente);
  • aparece após muito tempo deitado (dor ao acordar)

    Na presença de hérnia discal, habitualmente existem dor e sintomas devido a problemas divergentes à hérnia, que se relacionam com as causas da hérnia.


    Causas de hérnia discal

    Mais frequentes:

  • alterações da curvatura cervical ou lombar, o que cria pressões anormais em determinado nível da coluna;
  • rigidez ou bloqueios de outras zonas, nomeadamente bacia, coluna torácica ou cervical superior, o que força à mobilidade excessiva cervical média ou lombar;
  • desequilíbrios musculares acentuados;
  • movimentos repetitivos e realizados incorrectamente, como inclinações à frente com rotação, elevar pesos;

    Os fatores supracitados são na maioria, a origem da dor!

    Menos frequentes:

  • traumatismos ou acidentes.

    Hérnia discal VERSUS cirurgia

    Salvo em casos extraordinários (hérnia de grandes dimensões), uma hérnia discal não tem necessidade cirúrgica. A hérnia pode existir sem comprometer outros tecidos nem a mecânica da coluna.

  • É comum, após cirurgia de extração da hérnia, permanecer a dor e os sintomas ou não ocorrer um total alívio das queixas! PORQUÊ? Porque a hérnia não era o problema!
  • A cirurgia não desbloqueia as zonas rígidas nem restaura a mobilidade necessária para o corpo, LOGO há potencial/risco da hérnia voltar!
  • ATENÇÃO ao pós-cirúrgico de hérnia discal: criam-se aderências importantes naquele local, o que pode trazer uma nova sintomatologia. É essencial tratar esses tecidos!
    RPG no tratamento da hérnia discal

    A Reeducação Postural Global (RPG) é realizada com todo o corpo ativo, alinhado e em alongamento de todas as regiões. Torna-se a ajuda principal para:

  • Recolocar a hérnia discal, utilizando uma respiração profunda e específica;
  • Restabelecer o equilíbrio muscular global e uniformizar as tensões corporais;
  • Aliviar a pressão centrada no nível da hérnia ou noutras regiões em sofrimento;
  • Recriar a curvatura cervical e lombar;
  • Libertar as zonas rígidas, evitando o movimento excessivo a outros níveis;
  • Permitir que o corpo se mova de forma segura e com menor esforço no dia a dia;
  • Evitar que se forme outra hérnia ou que a mesma volte a dar queixas!
  • Resultados Imediatos na eliminação da dor! Sem cirurgiaContacte-nos