A dor nas costas pode ser intensa e incapacitante, por isso deve ser tratada rapidamente. A Osteopatia é uma das abordagens que apresenta melhores resultados no tratamento de dores nas costas, aliviando a dor na coluna de forma duradoura.

O que é a Dor nas Costas e quais os sintomas?

A dor lombar é a expressão habitualmente utilizada para descrever a sintomatologia dolorosa associada à coluna, mas esta também se pode manifestar na região dorsal, cervical e sagrada. Pode ser uma dor aguda ou crónica, tipo “pontada”, queimadura ou moedeira, surgindo subitamente ou tendo uma evolução mais lenta.

A dor nas costas pode ter uma localização específica ou irradiar à distância, ser persistente ou surgir pontualmente a determinadas horas do dia ou da noite, estando, muitas vezes, associada a alterações viscerais.

As dores nas costas podem ter numerosas causas, nomeadamente:

  • Disfunções da mobilidade vertebral e articular ao nível dos diferentes segmentos da coluna;
  • Problemas musculares e ligamentares;
  • Lesões discais, tipo protusão ou hérnia;
  • Complicações vasculares ou nervosas;
  • Fraturas, de origem traumática ou consequência de patologias metabólicas como a Osteoporose;
  • Patologias inflamatórias, por exemplo, Artrite ou Espondilite Anquilosante;
  • Tumores, benignos ou malignos, locais ou à distância;
  • Problemas viscerais;
  • Alterações posturais globais ou mais específicas em determinado segmento da coluna.

Como a Osteopatia contribui para o tratamento da Dor nas Costas?

A Osteopatia é uma das abordagens que apresenta melhores resultados no tratamento de dores nas costas, sendo capaz de abranger, com eficácia, a maior parte das suas possíveis causas. A evidência científica também associa que pacientes tratados com osteopatia têm menos necessidade de recorrer a tratamento farmacológico.

Esta terapêutica estuda as disfunções ao nível neuro-músculo-esquelético, visceral e craniano e relaciona-as. Além disso, através de técnicas exclusivamente manuais, procura eliminar a dor, promover o equilíbrio do corpo humano, restabelecer o movimento, a posição e a vascularização normais.

Essencialmente, o segredo do sucesso da intervenção, passa por uma avaliação detalhada e que tenha em conta todas as dimensões do indivíduo (neuro-musculo-esquelética, psicoemocional e nutricional), de forma a obtermos um diagnóstico diferencial e consequente adequação da intervenção a cada caso. Considerando o contexto multifatorial da dor nas costas, nunca o plano de intervenção poderá ser igual para todos os utentes, mas sim, será selecionada de forma criteriosa uma intervenção multimodal ajustada a cada contexto.

O que fazer para prevenir a Dor nas Costas?

Adotar um estilo de vida saudável previne dor nas costas e problemas associados à coluna. Estes são alguns comportamentos de prevenção da dor lombar:

  • pratique atividade física de forma regular (caminhada, pilates, natação);
  • procure manter o peso dentro dos parâmetros ideais para a idade;
  • faça alongamentos e exercício físico específico para fortalecer o abdómen e os músculos ao redor da coluna;
  • movimente-se, evite estar sentado ou na mesma posição durante muito tempo.

Ter dor é uma experiência normal sentida pelas pessoas, pois, de outra forma, não poderiam sobreviver. No entanto, viver com dor nas costas não é de todo normal! Por isso, se sente uma dor lombar, uma “tendinite”, uma suspeita de hérnia discal, uma “dor ciática” ou um torcicolo, venha até à Fisiovida – clínica de osteopatia e fisioterapia avançada.

Explicamos o porquê da necessidade de perceber a dor e todos os seus mecanismos para o máximo sucesso na recuperação da dor nas costas que possa estar a sentir. O tratamento da dor começa muito antes de “serem colocadas as mãos” sobre o paciente e pressupõe uma rigorosa avaliação, com o principal objetivo de perceber a causa associada ao sintoma.

Assim, os profissionais da FISIOVIDA, fazem uma recolha detalhada de toda a informação necessária, palpação e testes específicos para localizar problemas, encaminhando para a abordagem terapêutica mais indicada a cada caso. Saiba mais sobre o que é a Osteopatia e quais as principais áreas de intervenção realizadas na Fisiovida.

Bibliografia

  • J.C. Licciardone, M.J.Schultz, B. Amen. “Osteopathic Manipulation in the management of chronic pain: current perspectives”. Journal of pain research. 2020; 13:1839-1847
  • J.C. Licciardone, D.E. Minotti, K.P. Singh. “Osteopathic manual treatment and ultrasound therapy for chronic low back pain: a randomized controlled trial”. Annal of family Medicine. 2013; 11(2): 122-129
  • H. Franke, J.D. Franke, G. Fryer. “Osteopathic manipulative treatment for nonspecific low back pain: a systematic review and meta-analysis”. BMC Musculoskeletal Disorders. 2014; 15:286