Porque fazer Osteopatia?

A Osteopatia é uma profissão da saúde, criada pelo Dr. Andrew Taylor Still, médico nos Estados Unidos da América, no século XIX. A Osteopatia é um sistema de avaliação e tratamento, com metodologia e filosofia própria, que visa restabelecer a função das estruturas e sistemas corporais, agindo através da intervenção manual sobre os tecidos (articulações, músculos, fáscias, ligamentos, cápsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático).

A validade da Osteopatia é tão concreta que é recomendada e incentivada pela Organização Mundial de Saúde como prática de saúde.

De acordo com o criador da Osteopatia, Dr. Andrew Still, o nosso corpo tem um mecanismo próprio de cura, homeostasia, que quando fica interrompido, surgem as doenças. O trabalho da Osteopatia é libertar todas as restrições que o corpo tenha, de forma a desbloquear todas as articulações, vísceras, artérias, veia, nervos, ossos do crânio para que tudo funcione harmoniosamente e o próprio corpo consiga atingir o seu próprio equilíbrio.

Quais os problemas em que a Osteopatia pode ajudar?
O campo de tratamento da Osteopatia é muito amplo pois abrange todo o corpo humano podendo tratar as doenças mais frequentes, nomeadamente a dor ciática, lombalgia, cervicalgia, hérnia discal, torcicolo, síndrome do túnel cárpico, tensões ou contraturas musculares, bem como pode ajudar a resolver enxaquecas, problemas digestivos, insónias, problemas respiratórios ou outros.

Não interessa ao osteopata apenas a eliminação do sintoma, ele procura sempre a causa do sintoma para poder eliminar o problema e curar o doente.