Pilates no Porto

O Pilates desenvolvido no Porto pela FISIOVIDA tem uma componente clínica o que o distingue e diferencia do tradicional Pilates criado por Joseph Pilates. Perante isto é oportuno colocar a seguinte questão:

Pilates Clinico: Verdade ou mentira?

Com o Pilates Clinico vou ficar com os músculos muito desenvolvidos?

Não. O Pilates não é um treino de musculação. No entanto, quem faz Pilates Clínico sente-se mais bem preparado física e mentalmente para qualquer atividade comum do dia-a-dia e para a prática desportiva.

O Pilates Clinico previne lesões?

Sim. O Pilates Clínico fortalece a musculatura mais profunda, ou seja, área do tronco e pélvis envolvido na estabilização da coluna lombar. Logo, o “core” abdominal (transverso abdominal) previne lesões ao nível da coluna vertebral.

Posso melhorar a concentração com o Pilates Clínico?

Sim. O Pilates Clínico treina a concentração. Os exercícios exigem grande concentração para coordenação dos movimentos com a respiração e contração mantida do transverso abdominal (core abdominal). Desta forma, irá usufruir de um momento só para si desligando-se de todos os pensamentos que atormentam diariamente.

Posso fazer Pilates Clinico se tiver dores nas costas?

Se tiver dores na coluna vertebral, o Pilates Clinico será um dos métodos de eleição. No entanto, inicialmente a dor terá que ser atenuada com outras terapias e posteriormente realizar Pilates Clinico. Com este método, o individuo aprende a corrigir a sua postura bem como aumenta a sua mobilidade.

O Pilates clinico emagrece?

Não. O Pilates Clinico fortalece a adelgaça especialmente o tronco. Não emagrece uma vez que não é uma atividade aeróbia como a corrida, caminhada, bicicleta, etc.