O que é a Fisioterapia Pediátrica?

A Fisioterapia Pediátrica, como o próprio nome indica, é uma especialização da Fisioterapia na qual o fisioterapeuta centra a sua atenção na prevenção, diagnóstico e tratamento de diversas condições clínicas que afetam pessoas dos 0 aos 18 anos: bebés, recém-nascidos, crianças, pré-adolescentes e adolescentes.

A Fisioterapia Pediátrica é indicada em que situações?

A Fisioterapia Pediátrica está indicada no tratamento de problemas congénitos e síndromes como:

  • Patologia osteoarticular (pé boto, luxação congénita/displasia da anca, Osgood-Schlatter, …);
  • Torcicolo congénito/adquirido;
  • Patologia neurológica pediátrica (Paralisia Cerebral, Síndrome de Down, Doenças genéticas e metabólicas…).

Está também indicada em situações que incluem os seguintes sintomas e condições específicas:

  • Dores (localizadas e generalizadas);
  • Alterações posturais como pés “chatos”/planos, joelhos “curvados”/varos, joelhos “para dentro”/valgos, aumento curvatura da coluna/hiperlordose ou hipercifose, escoliose, etc;
  • Sequelas de traumatismos, fraturas, acidentes, lesões desportivas, cirurgias, etc;
  • Disfunções da articulação temporomandibular/ATM;
  • Sequelas de infecções respiratórias, bronquiolites, asma, bronquite, pneumonia, atelectasia;
  • Sequelas de infeções urinárias, incontinência urinária e/ou fecal, enurese nocturna;
  • Lesão do plexo braquial, paralisia facial;
  • Atraso de desenvolvimento motor: normalmente com 6 meses de idade, a posição sentada deveria ser uma competência motora adquirida, pelo que se não tem, beneficia de Fisioterapia Pediátrica;
  • Prematuridade da criança.

Porquê recorrer à Fisioterapia Pediátrica?

São diversas as razões que podem levar os pais a levarem os seus filhos a uma consulta de Fisioterapia Pediátrica:

  • Prevenir agravamentos e tratar quadros instalados de doenças motoras, respiratórias, entre outras;
  • Fomentar o desenvolvimento de diversas capacidades motoras, aproveitando o facto de que na faixa etária dos 0-18 anos as estruturas corporais estão ainda em pleno desenvolvimento, sendo por isso mais suscetíveis de se adaptar aos eventos traumáticos e/ou patologias que se vão manifestando. Assim, de forma a aproveitar a maior plasticidade de toda a estrutura, a avaliação e intervenção precoce com a Fisioterapia Pediátrica são essenciais no controlo das repercussões futuras das disfunções ou alterações identificadas.

Quais os benefícios da Fisioterapia Pediátrica?

São vários os benefícios que a Fisioterapia Pediátrica pode proporcionar tais como:

  • Eliminar e prevenir quadros de dor aguda e crónica;
  • Contribuir para o desenvolvimento e potenciação de um movimento funcional do corpo que é essencial para o que significa ser saudável, evitando a propagação de consequências mais graves na vida adulta;
  • Elevar os níveis de qualidade de vida e saúde;
  • Contribuir para uma maior eficiência na realização das tarefas do dia a dia, seja na vertente lúdica, desportiva ou preparação para a vida profissional.

Para quem é indicada a Fisioterapia Pediátrica?

A Fisioterapia Pediátrica é uma especialidade que trata recém-nascidos, bebés, crianças, pré-adolescentes e adolescentes, isto é, na faixa etária situada entre os 0 e 18 anos.

Porquê optar pela Fisioterapia Pediátrica na FISIOVIDA?

A FISIOVIDA destaca-se na área da Pediatria pelo facto de:

  • Cada utente ter sempre um fisioterapeuta em exclusivo, durante uma hora, com diversas especializações e com experiência acumulada de vários anos de prática clínica;
  • Como em todas as outras áreas da Fisioterapia, na FISIOVIDA, privilegiamos uma intervenção de excelência em Pediatria, abordando cada caso como sendo único sem, contudo, esquecer a globalidade de uma manifestação ou sintoma apresentado por estes utentes tão especiais;
  • O processo de raciocínio clínico e intervenção em Pediatria ser alicerçado em modelos que reúnem maior evidência científica, produzindo assim naturalmente resultados muito mais rápidos, eficazes e duradouros;
  • Obtenção de reembolso do valor investido nas consultas: a maioria dos subsistemas de saúde (ADSE, SAMS, SAD, entre outros) e seguros de saúde (AdvanceCare, Médis, Multicare, entre outros) comparticipam, em regime livre, os tratamentos realizados na FISIOVIDA, sendo que em alguns casos, o reembolso pode chegar a atingir 90% do valor investido;
  • Possibilidade de deduzir no IRS o valor investido nas consultas;
  • Dispor de um corpo clínico com mais de 10 anos de experiência, que permite à mulher beneficiar de uma abordagem integrada na resposta ao seu problema através das seguintes áreas:
    • Osteopatia Pediátrica;
      Reeducação Postural Global;
      Pilates Clínico e Ginástica Abdominal Hipopressiva;
      Exercício Clínico e Otimização da Performance (ECOS);
      Nutrição Funcional;
      Fisioterapia Dermato-Funcional;
      Fisiatria

    ou beneficiar do conhecimento de profissionais de outras áreas externas à FISIOVIDA como:

    • Pneumologia;
    • Cardiologia;
    • Medicina Interna;
    • Endocrinologia;
    • Psiquiatria;
    • Psicologia.

Corpo Clínico

Fisioterapia Pediátrica - Fisiovida

Lisa Robalinho

Fisioterapeuta

Fisioterapia Pediátrica - Fisiovida

Joana Dias

Fisioterapeuta e Osteopata

Fisioterapia Pediátrica - Fisiovida

Irina Leal

Fisioterapeuta e Osteopata

Fisioterapia Pediátrica - Fisiovida

Carla Oliveira

Fisioterapeuta e Osteopata

Equipa Fisiovida

Conhecer Equipa