O que é a Fisioterapia Oncológica?

A Fisioterapia Oncológica é uma especialização da Fisioterapia onde o fisioterapeuta foca a sua atenção sob o entendimento de que o movimento funcional é central para o que significa ser saudável. Para tal, procura intervir de forma a minimizar as sequelas que poderão decorrer do tratamento oncológico e, paralelamente, procura potenciar e maximizar a qualidade de vida e o potencial de movimento do ser humano numa abordagem centrada na pessoa que enfrenta uma situação oncológica.

A Fisioterapia Oncológica é indicada em que situações?

A Fisioterapia Oncológica atua nos sintomas decorrentes da patologia e do tratamento, minimizando as suas complicações. Está indicada em casos de:

  • Presença de inchaço/linfedema;
  • Diminuição da força muscular;
  • Diminuição do equilíbrio;
  • Dificuldade na marcha e outras atividades do dia a dia;
  • Diminuição da mobilidade;
  • Rigidez articular e encurtamento muscular;
  • Tensão ou contraturas musculares;
  • Alterações da sensibilidade;
  • Diminuição da resistência ao esforço e fadiga generalizada;
  • Alterações posturais;
  • Disfunções respiratórias;
  • Dificuldade na cicatrização, presença de aderências ou fibroses nos tecidos;
  • Quadros de dor aguda ou crónica.

As orientações clínicas recomendam a Fisioterapia Oncológica também em utentes com:

  • Perda de densidade mineral óssea/Osteoporose;
  • Disfunção de um ou mais nervos periféricos/Neuropatias periféricas;
  • Indicação de tratamento cirúrgico (tanto no momento pré como no pós- cirúrgico);
  • Alterações funcionais, estruturais ou outras situações que aumentem o risco de queda ou dependência do utente.

Porquê recorrer à Fisioterapia Oncológica?

São inúmeras as razões para a Fisioterapia fazer parte do processo de recuperação dos utentes oncológicos. Destacamos as seguintes:

  • Preservar, desenvolver e restaurar a integridade dos órgãos e sistemas lesados devido à patologia ou tratamentos realizados;
  • Minimizar, controlar ou eliminar a dor diminuindo a necessidade de analgésicos, por exemplo;
  • Promover a autonomia e a independência funcional, reduzindo o tempo de recuperação e otimizando o retorno, sempre que possível, às actividades de vida diária, sejam elas desportivas, ocupacionais, familiares e sociais;
  • Melhorar a autoestima, promover o bem-estar físico e emocional.

Quais os benefícios da Fisioterapia Oncológica?

A Fisioterapia Oncológica tem como benefícios:

  • Eliminar ou minimizar a dor;
  • Manter ou conquistar as amplitudes de movimento articular e prevenir contraturas;
  • Manter ou aumentar força muscular e prevenir atrofias;
  • Manter ou melhorar o equilíbrio, a coordenação e a resistência;
  • Promover o exercício físico através de um plano de exercícios adequado à fase em que cada pessoa se encontra;
    Melhorar o padrão postural e optimizar a funcionalidade do indivíduo para as actividade de vida diária;
  • Melhorar a função respiratória e prevenir complicações como as infecções respiratórias, promovendo a higienização brônquica e exercícios respiratórios;
  • Promover uma adequada cicatrização, prevenindo o desenvolvimento de cicatrizes hipertróficas e/ ou aderentes pós-cirúrgicas;
  • Prevenir úlceras de decúbito em utentes acamados ou com pouca mobilidade;
  • Prevenir e tratar disfunções linfáticas que levam ao inchaço, muito frequentes no cancro da mama, por exemplo;
    Entre outros.

Para quem é indicada a Fisioterapia Oncológica?

A Fisioterapia Oncológica pode ajudar todas as pessoas que enfrentam uma situação oncológica, em qualquer fase da doença, desde as crianças e adolescentes até aos adultos e seniores.

Porquê optar pela Fisioterapia Oncológica na FISIOVIDA?

A FISIOVIDA pode ajudar em qualquer fase da doença, desde que o utente tenha indicação médica e se encontre em fase de ambulatório, podendo o tratamento ser realizado ao domicílio ou nas instalações da Clínica. A FISIOVIDA destaca-se por isso na Fisioterapia Oncológica pelo facto de:

  • Cada utente ter sempre um fisioterapeuta em exclusivo, durante uma hora, com diversas especializações e com experiência acumulada de vários anos de prática clínica;
  • O processo de raciocínio clínico e intervenção em Pediatria ser alicerçado em modelos que reúnem maior evidência científica, produzindo assim naturalmente resultados muito mais rápidos, eficazes e duradouros;
  • Obtenção de reembolso do valor investido nas consultas: a maioria dos subsistemas de saúde (ADSE, SAMS, SAD, entre outros) e seguros de saúde (AdvanceCare, Médis, Multicare, entre outros) comparticipam, em regime livre, os tratamentos realizados na FISIOVIDA, sendo que em alguns casos, o reembolso pode chegar a atingir 90% do valor investido;
  • Possibilidade de deduzir no IRS o valor investido nas consultas;
  • Dispor de um corpo clínico com mais de 10 anos de experiência, que permite ao utente beneficiar de uma abordagem integrada na resposta ao seu problema através das seguintes áreas:
    • Fisioterapia Avançada;
    • Osteopatia;
    • Fisioterapia Cardiorrespiratória;
    • Fisioterapia Dermato-Funcional;
    • Reeducação Postural Global;
    • Pilates Clínico;
    • Exercício Clínico e Otimização da Performance / ECOS;
    • Nutrição Funcional;
    • Fisiatria

    ou beneficiar do conhecimento de profissionais de outras áreas externas à FISIOVIDA como:

    • Ortopedia;
    • Cardiorrespiratória;
    • Neurologia;
    • Oncologia;
    • Psiquiatria;
    • Psicologia.