Fisioterapia e a dor cervical

O que pode a Fisioterapia Avançada, desenvolvida pela FISIOVIDA no Porto, ajudar quando estamos perante uma dor cervical?

A dor cervical, cervicalgia, ou mais comummente “dor no pescoço”, é um sintoma que se manifesta na existência de disfunções ao nível da coluna cervical. É um problema crescente na população atual, devido às posturas mantidas em frente ao computador ou excessiva utilização de dispositivos eletrónicos. Estudos indicam que, anualmente, a cervicalgia afeta entre 30 a 50% da população geral.

Causas frequentes:

– Manutenção de posturas inadequadas e/ou gestos técnicos repetitivos geram tensão muscular e alterações do alinhamento da coluna;
– Traumatismos (Ex: acidente de viação – mecanismo de whiplash ou “golpe de chicote”)
– Desalinhamento da curvatura cervical (Ex: Retificação cervical, Escoliose, entre outras)
– Problemas degenerativos das articulações vertebrais (Ex: Osteófitos – mais conhecidos por “bicos de papagaio”);
– Problemas dos discos intervertebrais (Ex: protusão ou hérnia discal);
– Espasmos Musculares (Ex: torcicolo)
– Entre outras

Em casos mais graves, a dor cervical pode alastrar-se para a região dos ombros, membros superiores e mesmo até aos dedos das mãos, por vezes associada a sintomas como formigueiros, dormência, sensação de peso nos membros superiores ou até falta de força.
Dada a relação próxima entre a cervical e a cabeça, justifica a associação de sintomas como dores de cabeça, estalidos da articulação temporo-mandibular, bruxismo), vertigens, tonturas e/ou zumbidos;

Dada a importância da coluna cervical para as tarefas do dia-a-dia, e sabendo as limitações que a dor cervical pode gerar é ESSENCIAL uma AVALIAÇÃO cuidada e criteriosa desta região, no sentido de encontrar a causa do problema. Só assim se conseguirá o TRATAMENTO adequado e eficaz para cada utente.

Na FISIOVIDA dispomos das técnicas mais avançadas de FISIOTERAPIA, no sentido de aliviar a dor e restaurar a mobilidade. Importante serão também os exercícios (sem dor!) para restabelecer o controlo da região cervical. Sempre que necessário o RPG, a Osteopatia e a Acupuntura são métodos que conjugamos na prática clínica com o objetivo de potenciar o tratamento e prevenir futuras recidivas.

VALE A PENA REFLETIR:

Atualmente as crianças e jovens abdicam de realizar atividades físicas como correr, jogar futebol ou simplesmente passear e consomem tempo ao telemóvel, tablet e computador.

As posturas mantidas, e muitas vezes erradas, terão mais cedo ou mais tarde consequências, nas estruturas musculares, articulares e ligamentares da coluna cervical com correspondência com possíveis sintomas. É fundamental um reconhecimento precoce, prevenindo o agravamento de quadros típicos, aumentando assim a possibilidade sucesso da intervenção e aconselhamento.

Conte connosco!

Resultados imediatos na eliminação da dor!Contacte-nos