Exercício/Movimento = Elevada qualidade de VIDA

O ECOS – Exercício Clínico e Otimização da Saúde, enquadra-se na visão há muito colocada em prática na FISIOVIDA, tendo ganho recentemente um espaço dedicado para a prática individualizada, monitorizada e orientada de exercício.

O EXERCÍCIO é unanimemente reconhecido como uma intervenção essencial em várias situações, nomeadamente em casos de dor crónica, em patologias e lesões músculo-esqueléticas, na melhoria da postura e atividades da vida diária, nas patologias cardiorrespiratórias, patologias metabólicas, hormonais e psicológicas…
Apesar da lesão/patologia ser uma ótima oportunidade de mudança, a FISIOVIDA fomenta o exercício como forma de PREVENÇÃO e sobretudo de criar condições para que cada pessoa possa usufruir da VIDA do dia a dia com a melhor SAÚDE possível.

A FORÇA (promovida exatamente pelo movimento e pelo exercício) está diretamente relacionada com a taxa de mortalidade, na medida em que a diminuição de força está frequentemente associada com patologias e descondicionamento.

O quadricípite, por exemplo, é um músculo chave sendo que há uma relação inversa entre a força do mesmo e a taxa de mortalidade. Este grupo muscular está relacionado com uma diversidade imensa de movimentos que realizamos no dia a dia. A perda de capacidade e competência básica para o desempenho dessas mesmas tarefas, é algo preocupante nomeadamente em população idosa, podendo levar à diminuição da atividade física e frequentemente a quedas.

TRATE DA SUA SAÚDE HOJE, para evitar lesões/patologias amanhã, e sobretudo VIVER A VIDA COMO ELA DEVE REALMENTE SER: FELIZ!

Bilbiografia:

  • Newman AB, et al. Strength, but not muscle mass, is associated with mortality in the health, aging and body composition study cohort. J Gerontol A Biol Sci Med Sci. 2006

    Autor do artigo: Dr. João Baptista – Fisioterapeuta FISIOVIDA