A RPG no tratamento do Pé Cavo

A Reeducação Postural Global – RPG é um método de tratamento que possibilita obter bons resultados na correção do pé cavo. Este é um método de tratamento no qual somos especialistas e constitui uma “ferramenta” diária de trabalho.

Muitas vezes reparamos que determinados sapatos não nos assentam bem ou que o nosso apoio nas sapatilhas nem sempre é confortável…

  • Quantas vezes nos espantamos por perceber que apenas uma parte da sola se encontra completamente desgastada enquanto a outra zona parece nem sequer ter sido usada?
  • Já pensou que talvez isto não signifique um problema no calçado que escolhemos, mas sim no apoio dos nossos pés?
  • ANATOMIA DO PÉ:
    Os pés são constituídos por uma grande quantidade de ossos com fortes inserções musculares e ligamentares e, do ponto de vista biomecânico, é fundamental que tíbia e peróneo, que são ossos da perna, sejam tidos em consideração. Por isto, e por serem o nosso contacto com o solo, estão sujeitos a linhas de força ascendentes e descendentes, e consequentemente, a cadeias de lesões destes dois tipos.
    De forma geral, o pé pode dividir-se em 3 partes: uma posterior mais estabilizadora, uma parte média mais rítmica e uma anterior mais dinâmica e adaptativa.
    No que respeita aos apoios, posteriormente, o principal é o calcanhar, e deste partem as forças de pressão que se dividem em duas direcções anteriores: o arco interno e o arco externo, mais interna ou externamente como o próprio nome indica. Estes arcos, juntamente com o arco transverso anterior, representam a capacidade de amortização na estática e na dinâmica.

    Um pé equilibrado antero-posterior e medio-lateralmente pressupõe uma condição de “normalidade” entre sistemas ósseo, muscular e ligamentar. Quando tal não acontece podemos estar perante transtorno no apoio podal.



    O que é o PÉ CAVO?

    O pé cavo representa um tipo específico de alteração na forma e/ou no apoio do pé, que se carateriza pelo exagero da curva dos arcos longitudinais entre o apoio posterior ao nível do calcanhar e os apoios anteriores, diminuindo a superfície de sustentação e, também, o apoio interno.

    Deve-se, normalmente, à retração das estruturas ligamentares e musculares ao nível da planta do pé e também da região anterior da perna. As causas desta retração, por sua vez, podem ser idiopáticas, neurológicas, traumáticas ou apenas posturais, pelas influências já referidas de estruturas superiores ou inferiores.

    QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DO PÉ CAVO PARA A SAÚDE?
    Um pé cavo pode, então, induzir uma rotação externa do tornozelo que, por sua vez, pode arrastar os músculos da perna em rotação externa, o joelho para varo, o fémur e a anca também para rotação externa, promovendo uma alteração ao nível da pélvis e de toda a coluna do tipo antero-posterior ou médio-lateral, conforme se trate de um pé cavo uni ou bilateral.

    Assim sendo, pode ter consequências mais locais, entre elas:

  • dores perimaleolares internas por hipermobilidade ou externas por compressão das estruturas;
  • dores no apoio anterior;
  • dedos em garra;
  • tendinites plantares;
  • esporões do calcanhar;
  • entorses de repetição.

    Mais à distância, pode surgir associado a patologia ou sintomas específicos ao nível do joelho, anca, desequilíbrios pélvicos e até mesmo alterações posturais do tipo retificação de curvaturas da coluna ou escoliose.

    QUAL O MELHOR TRATAMENTO PARA O PÉ CAVO?
    Na FISIOVIDA somos eficazes no tratamento dos sintomas e consequências de uma deformidade deste género, mas também, e principalmente, no tratamento e correção das suas causas.
    Toda e qualquer intervenção deve começar por uma rigorosa avaliação individual, com o principal objetivo de perceber qual a causa associada ao sintoma.

    A avaliação postural é fundamental neste caso, bem como, a palpação e testes específicos.
    Quando retrações musculares e ligamentares estão na origem de uma deformidade do tipo pé varo, que é o mais comum como já anteriormente foi referido, o tratamento mais indicado é a RPG.
    Esta metodologia consiste na realização de posturas ativas de alongamento global e progressivo para cadeias de coordenação neuromuscular em retração, que estão na origem da maior parte das deformidades e, consequentemente, das sintomatologias dolorosas associadas. Trata-se de uma abordagem que visa, além de aliviar sintomas, corrigir alterações posturais em relação com os mesmos e prevenir recidivas pela correção mantida a longo prazo.

    Além da intervenção da RPG, caso seja pertinente para potenciar resultados e prolongar as correcções, a equipa da FISIOVIDA recorre também a técnicas de Osteopatia e de Fisioterapia Avançada, especificas para cada caso.

    No caso específico das alterações ao nível do apoio do pé, dispomos de um serviço especializado de Podoposturologia. Esta metodologia de avaliação e tratamento poderá ser uma grande ajuda para a potenciação dos resultados do tratamento, quando é necessário alguma ajuda externa das nossas “palmilhas especiais”.

    A intervenção da FISIOVIDA também se diferencia por ir muito para além do trabalho realizado no consultório. Feita a integração das novas posturas a situações do dia-a-dia de cada indivíduo, há tarefas diárias a realizar e um aconselhamento direcionado.

    Sempre que se considere pertinente, há um encaminhamento para a realização de exercício físico específico, não só por todos os benefícios já conhecidos do mesmo, mas também com o objetivo de dar continuidade ao trabalho realizado e de prolongar o mais possível os resultados obtidos.

    Estamos ao dispor para melhorar a sua qualidade de vida!

  • Ainda tem dúvidas sobre os benefícios que pode obter?Contacte-nos